terça-feira, 4 de maio de 2010

Um presente especial...

Hoje especialmente postarei algo que não foi escrito por mim e sim para mim.Dado como um presente em dia de festa!

La leche Roja

Alvos e angelicais envoltórios não te escondem

O que te passa por dentro revolve e eclode

Não em lava em tons de laranja..

Mas em desejo, tons de sangue.

Todo o mais dá-se jeito

Mas não me peça para que se cesse o meu desejo

Súbito e necessário...

Não quero esperar a natureza e seus cursos curiosos

Pois o olhar lança as centelhas do porvir

Saliva e odores nos alucinam e tudo se encontra revolto

Pois sua pele branca se revela do mais cintilante vermelho

Sem respostas para o desejo infreável, sujeitamo-nos apenas a sentir

Turva visão nos transfere a um espaço inexistente

Curvos membros se entrelaçam a fazer malabarismos

Puro leite e sangue

Límpidos, se misturam ao acaso

Não quero nem pretendo ter respostas na ponta da língua

Quero seu vermelho a inundar minha boca...

Agora.

Um comentário:

  1. Precisa comentar...
    fiquei sem folêgo.
    Vassala

    ResponderExcluir